Logística hospitalar é fundamental para o bom funcionamento e permanência das empresas no mercado.

Entretanto, muitos gestores ainda têm dúvidas sobre as melhorias que os serviços terceirizados podem proporcionar para a gestão hospitalar, como a redução dos gastos. Para visualizarmos melhor sobre a eficiência da logística hospitalar, precisamos entender que este setor é dividido em duas grandes áreas: de armazenagem e de distribuição.

O setor de armazenagem tem o papel de garantir a integridade física e a qualidade do produto entregue, analisando rótulos e etiquetas, principalmente com materiais e insumos importados, que têm a necessidade de serem adaptados ao local, quando trazidos de outros países.  Além de uma gestão hospitalar com controle de estoque que respeite datas de fabricação e validade, é imprescindível garantir a rastreabilidade do material que entra e sai, evitando gastos e desperdícios. O setor de armazenagem envolve também a montagem de kits, o processo de separação e expedição de acordo com a necessidade do cliente. Por isso, a necessidade de suporte de empresas de armazenagem e logística hospitalar especializadas no assunto, é fundamental para garantir a conservação assertiva.

Já a área de distribuição conta com o transporte de produtos até seu destino, seja em hospitais, clínicas, distribuidores, varejistas ou para o consumidor final. Esse transporte de medicamentos pode ser realizado pelos fabricantes, pelo próprio cliente ou por empresas especializadas em logística de transporte de medicamentos, como a RV Ímola, que possui tecnologia para gerenciar o processo de armazenagem e distribuição, contando com frotas bem dimensionadas e adequadas para a movimentação de produtos da linha farmacêutica e correlacionados, em razão de seus veículos serem dotados de baús isotérmicos e refrigerados com temperaturas de 2 e 8°C.

Outra vantagem da terceirização é o custo variável, já que se paga apenas pelo serviço que é utilizado, evitando gastos com mão de obra, seguro, manutenção, aluguéis e encargos, espaço extra, compra de equipamentos, treinamento de equipe, etc. O que garante, assim, possibilidade de crescimento mais rápido e duradouro.

Optar pela terceirização da logística hospitalar traz inúmeros benefícios para a empresa, porém é importante escolher bem seu parceiro logístico. A RV Ímola listou algumas dicas importantes a serem consideradas na hora de fechar uma parceria:

  • O primeiro ponto é certificar-se que o parceiro logístico escolhido tenha todas as licenças e autorizações obrigatórias em dia para o seguimento médico-hospitalar. É importante também verificar se, assim como a RV Ímola, seu parceiro logístico tem veículos rastreados e monitorado 24 horas, em tempo real, com um centro de segurança própria, garantindo a integridade do produto e da equipe de seguranças.
  • O segundo ponto preza pelo bom relacionamento, ocasionando uma parceria de longo prazo. Focando na busca pela eficiência de ambas as partes, com foco no ganho de qualidade e redução de gastos. Além disso, é sempre bom analisar se o parceiro logístico possui tecnologia de controle de informações, com respostas rápidas a sua disposição sempre que necessário para tomada de decisões urgentes.
  • E, por último, mas não menos importante, está o controle e monitoramento de seus processos visando sempre à melhoria do processo de gestão de logística hospitalar da sua empresa.

Contar com um parceiro de confiança, portanto, é fundamental para o bom desempenho da Gestão Hospitalar. E isso a RV Ímola entende como ninguém. Para saber mais sobre o que deve se preocupar na hora de terceirizar sua gestão hospitalar, clique aqui e acesse nosso e-book.

 Clique aqui e curta nossa página no Facebook.

Para mais notícias, clique aqui.