Tag Archives: empresas de transporte de medicamentos

Logística hospitalar: 5 benefícios da terceirização
Logística hospitalar: 5 benefícios da terceirização

Logística hospitalar terceirizada também gera diversos benefícios para uma empresa.

Quando bem planejada, a terceirização de serviços facilita bastante a dinâmica e o orçamento de algumas empresas. Na logística hospitalar, esse processo contribui para prever e evitar problemas como extravio de medicamentos, desperdícios de produtos, etc.

Além dos benefícios acima, a logística hospitalar também traz outras vantagens para a sua instituição. Conversaremos mais um pouco sobre elas.

1 – Simplificação de processos

É preciso sempre otimizar os processos. O transporte de medicamentos, por exemplo, não pode ocorrer sem um planejamento e gerenciamento de risco. Além de gerar custos, ainda requer uma estrutura hábil e completa, demandando tempo e dinheiro. A terceirização da logística hospitalar traz exatamente isso: um transporte eficiente, rápido e dentro das regras da Anvisa e sem custos muito elevados.

2 – Conhecimento específico da área contratada

Você está contratando uma empresa com know-how, o que já lhe permite a correção de algumas falhas em processos e outras questões de logística e gestão hospitalar. Diversos pontos também podem ser aprimorados durante o contrato de logística hospitalar. Além disso, você terá a tranquilidade de ter seus produtos nas mãos de profissionais capacitados e especialistas na área.

3 – Uso de equipamentos de tecnologias avançadas

O transporte de medicamentos controlados, por exemplo, não pode ser realizado por qualquer tipo de veículo. É preciso seguir as regras da Anvisa, com baús isotérmicos e refrigeração entre 2 e 8 graus. Isso permite que a qualidade e a eficiência dos produtos sejam mantidas.

A terceirização facilita o uso de veículos dentro desse padrão e constituído de tecnologias avançadas. Além de garantir a qualidade dos produtos, você ainda economiza com a compra de frotas.

4 – Redução considerável de custos

Sabemos que a redução de custos foi comentada aqui algumas vezes. Ela é, provavelmente, o maior fator pelo qual você vai contratar empresas de transporte de medicamentos. Contudo, queremos ressaltar também a redução em relação à substituição dos custos fixos por custos variáveis.

Você só gasta quando vende. Isso significa que só precisará custear o transporte de medicamentos refrigerados quando tiver entregas para realizar. Voltamos ainda para a redução com frota e funcionários para exercer essa função, como foi citado mais acima.

5 – Atendimento ao cliente mais personalizado

Com todas as vantagens acima, você terá muito mais tempo para gerir o atendimento ao seu cliente. A personalização dos serviços tem sido um grande diferencial, principalmente para pequenas instituições. Vale reavaliar o que é possível melhorar, principalmente relacionado às questões que não necessitam de investimento, como clima organizacional, padronização de call center, etc.

A RV Ímola é uma empresa de logística hospitalar e logística farmacêutica que tem foco em uma terceirização eficiente e completamente otimizada. Você pode conhecer todos os nossos processos no site ou entrar em contato direto com um de nossos consultores.

Veja também outras dicas em nossa página no Facebook!

Clique aqui e curta nossa página no Facebook.

Para mais notícias, clique aqui.

Logística de Medicamentos: boas práticas para o setor
Logística de Medicamentos: boas práticas para o setor

Logística de medicamentos faz o mercado de genérico crescer 32% em 2018.

Isso mesmo. Neste ano, a logística de medicamentos fez o mercado de medicamentos crescer consideravelmente, indo na contramão de diversos outros setores da economia no Brasil.

Mas, mesmo favorecendo o crescimento, o sistema de distribuição de medicamentos ainda encontra algumas barreiras por falta de conhecimento dos demais setores. Por esse motivo, procuramos destacar aqui como esta metodologia tem sido eficaz nos processos:

Operações eficientes e otimizadas

Percebemos como a logística na indústria farmacêutica vem mudando o mercado desde a década de 90. Mudanças ocorridas nessa época foram determinantes para o crescimento e surgimento de muitas empresas de transporte de medicamentos.

Houve uma queda de grandes patentes e a regularização dos medicamentos genéricos, em 1999, motivando as empresas e suas operações. O que era feito, sem grandes expectativas, ganhou otimização e eficiência. Empresas de Armazenagem e logística hospitalar passaram a ter outras expectativas a partir disto.

Hoje, as operações são feitas com muito mais segurança. O transporte de medicamentos refrigerados é feito completamente dentro das regras da Anvisa, permitindo que os insumos sejam entregues sem riscos e extravios.

Desafios no setor: logística farmacêutica com mais inovação

Apesar de toda a otimização e a eficiência nas operações, o processo de distribuição de medicamentos, quando não realizado com os devidos cuidados, ainda demonstra falhas quanto à inovação desse gerenciamento.

O gerenciamento de risco, por exemplo, já era para ser algo comum e presente, principalmente no transporte de medicamentos controlados. Contudo, o que vemos é a ausência dessas tecnologias de rastreamento em grande parte da distribuição de medicamentos.

Outro gap relacionado à inovação está na armazenagem. O transporte refrigerado, assim como os centros de distribuição, por vezes, não é tão climatizado como deveria. E isso pode comprometer a eficácia do produto.

A logística de farmácia a favor do crescimento

Empresas de logística têm ampliado seus serviços e suas tecnologias, no que diz respeito à distribuição farmacêutica, a fim de suprir toda a necessidade do mercado. É por isso que sua empresa deve conhecer o trabalho realizado pela RV Ímola.

A RV Ímola é uma empresa que realiza a logística hospitalar e a logística de medicamentos de maneira eficiente e inovadora. Temos uma equipe completamente capacitada para o transporte de medicamentos de forma segura e ágil. Para saber mais, entre em contato conosco.

Clique aqui e curta nossa página no Facebook.

Para mais notícias, clique aqui.

Logística farmacêutica: desafios na terceirização
Logística farmacêutica: desafios na terceirização

Logística farmacêutica faz o controle eficiente de toda a distribuição de medicamentos, armazenamento e custos associados.

Percebemos um crescimento promissor da indústria farmacêutica no Brasil. De acordo com o Sindicato das indústrias farmacêuticas (Sindusfarma), somente em 2017, o setor faturou mais de R$ 57 bilhões. Parte desse lucro se dá por uma logística farmacêutica bem estruturada.

Aqui, buscamos listar alguns desafios comuns na terceirização do serviço. Com isso, é possível prevê-los também no seu planejamento e buscar as saídas mais eficientes:

Redução dos custos operacionais

Também de acordo com o Sindusfarma, 80% das farmácias brasileiras são de pequeno e médio porte. Essas empresas necessitam de entregas menores, que nem sempre são feitas em tempo hábil.

A logística na indústria farmacêutica não pode se mostrar resistente ao atendimento dessas empresas. Com isso, é importante reduzir um pouco mais os custos operacionais, mantendo a qualidade dos serviços para ter uma maior abrangência de atendimento.

A melhor solução para os sistemas de distribuição de medicamentos que atendem pequenas demandas é desenvolvendo soluções mais customizadas, possibilitando o atendimento de todos os seus clientes.

Aquisição de licenças e certificados

Assim como todo setor ligado à saúde, empresas de transporte de medicamentos precisam de licenças e certificados de funcionamento. A maioria deles é obtido junto à Anvisa. Como cliente, é preciso se certificar que o transporte de medicamentos refrigerados, por exemplo, é feito completamente dentro das normas da agência.

Empresas de distribuição de medicamentos precisam de pessoal capacitado para manipulação de insumos. É preciso ter uma maior flexibilidade e agilidade nos processos, assim como atenção quanto aos cuidados com assepsia individual e vestuário.

Otimização das operações

É importante observar que muitos problemas com logística farmacêutica estão relacionados ao atendimento.  Temos, muitas vezes, o transporte de medicamentos controlados feito sem nenhuma otimização. As exigências da Anvisa são deixadas de lado, resultando no extravio dos insumos durante o trajeto até o cliente.

Por isso, o transporte de Medicamentos precisa ser feito sempre com gerenciamento de risco, para evitar erros durante a operação e perda de produtos.

Está pensando em terceirizar sua logística farmacêutica? Conheça a RV Ímola.

Empresa de logística em São Paulo especializada em distribuição farmacêutica. Nossa frota conta com carros refrigerados e também realizamos a armazenagem e logística de seus insumos. Contamos também com uma equipe especializada, responsável por cuidar de todos os processos da melhor e mais ágil maneira. Para saber mais, entre em contato conosco.

Clique aqui e curta nossa página no Facebook.

Para mais notícias, clique aqui.

Transporte de Medicamentos: regras da Anvisa
Transporte de Medicamentos: regras da Anvisa

Transporte de Medicamentos, comuns ou controlados, precisa ser feito dentro de algumas regras da Anvisa.

Os cuidados diferenciados no transporte de medicamentos devem seguir o padrão da agência reguladora para garantir a qualidade dos insumos. É preciso pensar em acondicionamento, na frota que realizará o serviço e, principalmente, nos riscos de extravio por má condução ou empacotamento. Veja quais são as principais regras da Anvisa:

Autorização para realizar o transporte medicamentos refrigerados

Todas as empresas de transporte de medicamentos precisam do AFE – Autorização de Funcionamento de Empresa. Essa concessão permite a distribuição de medicamentos comuns. Para quem precisa realizar o transporte de medicamentos controlados, a autorização é outra. Nesse caso, a agência libera a AE – Autorização Especial.

 

Criação de um manual de boas práticas de transporte e logística farmacêutica

Os sistemas de distribuição de medicamentos exigem práticas de boas maneiras, como informações sobre os processos internos das empresas de distribuição medicamentos. Informações sobre como os medicamentos são manuseados, conservados e transportados são fundamentais para o cliente. Com isso, a Anvisa também regulamenta a criação desse documento. Dessa forma, a logística de medicamentos é feita com o menor risco possível e totalmente dentro das legislações atuais.

Distribuição farmacêutica sempre em transporte refrigerado

As empresas de armazenagem e logística hospitalar precisam de uma frota completamente dentro das normas da Anvisa. O transporte dos medicamentos deve ser realizado em veículos refrigerados, com baús isotérmicos e com temperatura entre 2 e 8 graus. Além de soluções em logística para transporte de insumos, ainda garante o gerenciamento de risco, reduzindo o extravio e, consequentemente, o aumento de custo por produto.

 

Manipulação feita em condições totais de higiene

Todos os envolvidos no transporte dos insumos, precisam estar completamente higienizados, com equipamentos padrões de manipulação e desinfecção. A logística hospitalar precisa ser bastante criteriosa nesses quesitos. O comprometimento dos medicamentos pode causar a perda dos insumos e contaminação de pacientes ou funcionários (médicos, enfermeiros, etc.).

Como se percebe, as regras da Anvisa para transporte de medicamentos são bastantes específicas. Por isso, poder contar com uma empresa de gestão de suprimentos e logística hospitalar responsável pelo cumprimento de tais normas é imprescindível, além de evitar também multas e contratempos.

A RV Ímola é uma empresa de logística em São Paulo, com equipe especializada em gestão de medicamentos e logística de farmácia que faz todo transporte de insumos com segurança e dentro das normativas da Anvisa. Entre em contato e conheça mais.

Clique aqui e curta nossa página no Facebook.

Para mais notícias, clique aqui.

DESEJA SABER MAIS SOBRE NOSSOS SERVIÇOS?