Tag Archives: sistemas de distribuição de medicamentos

Logística de medicamentos: vantagens
Logística de medicamentos: vantagens

Logística de Medicamentos quebra diversas barreiras no setor farmacêutico.

Pensar na melhoria de processo é fundamental para o sucesso de qualquer instituição. A logística de medicamentos tem sido um dos fatores que mais contribui positivamente para o crescimento do setor farmacêutico nos últimos anos e precisamos discutir o porquê.

Não é apenas trazendo mais tecnologia, mas a forma como se dá a automação da gestão de produtos que, provavelmente, fez com que o time de logística de medicamentos se destacasse. Sabemos que ainda há algumas barreiras, mas quanto mais frequente forem essas ações, mais aperfeiçoadas elas ficam. Não podemos pensar apenas nas dificuldades neste momento. Devemos focar nas soluções! Entenda.

Maior gerenciamento de risco de medicamentos e insumos

Fala-se muito mais em gerenciamento de risco ultimamente. Esse processo inclui supervisionar o transporte de medicamentos refrigerados desde o ponto de distribuição, até a empresa, de forma que toda a tecnologia envolvida consiga evitar falhas, extravios e outros contratempos.

Essa ação reflete positivamente no âmbito financeiro, pois há um controle maior de produtos e, também, no setor de qualidade, pois não há extravios de mercadorias. Além disso, precisamos citar aqui a segurança que as empresas de transporte de medicamentos trazem para as instituições.

Mais investimento em sistemas de distribuição de medicamentos

A tecnologia dos sistemas de distribuição de medicamentos é fundamental para a automatização dos processos. As soluções em logística farmacêutica são pensadas de forma que esse investimento traga mais vantagem para dentro das empresas.

Toda a instituição tem uma noção total de tudo o que é feito, desde o planejamento de compra, até a distribuição dos produtos para o cliente final. Isso acontece a partir de relatórios automáticos e frequente, onde imprevistos e falhas podem ser notados mais facilmente.

Regulamentação de processos

A Anvisa é o órgão que fiscaliza todo o setor farmacêutico e hospitalar. Falhas geram prejuízos financeiros e institucionais para a empresa. A logística farmacêutica traz a regulamentação desse processo, de forma que todas as regras da Anvisa sejam cumpridas sem erros.

Cabe também aos gestores fiscalizar as ferramentas de trabalho, como no caso do transporte de medicamentos controlados, que precisa ser feito em caminhões completamente refrigerados e com temperaturas entre 2 e 8 graus.

A RV Ímola tem como principal objetivo, facilitar o transporte de medicamentos de forma segura e ágil. Trabalhamos focados na logística hospitalar e farmacêutica, sempre dentro do que prevê a Anvisa. Convidamos você para conhecer mais da nossa empresa, que atende São Paulo e outras cidades do Brasil.

Para saber mais, entre em contato conosco ou acesse nossa página no Facebook.

Para mais notícias, acompanhe as publicações do nosso blog!

Logística e gestão hospitalar: para que serve?
Logística e gestão hospitalar: para que serve?

Logística e gestão hospitalar traz benefícios financeiros e de qualidade.

O cuidado com produtos e materiais da área de saúde é algo que deve ser visto como prioridade. Há instituições que terceirizam a logística e gestão hospitalar, enquanto outras mantêm a sua equipe interna tomando conta desses processos. Acontece que, no segundo caso, podem ocorrer problemas como falta de acompanhamento e suporte. A frequência desses erros gera prejuízos na qualidade e no financeiro da instituição.

Precisamos pensar no porquê de a logística e gestão hospitalar se fazer, cada vez mais, necessária para as empresas. Essa questão deve levá-lo a refletir qual a importância desse processo e como ele pode responder positivamente nos seus resultados. Por este motivo, mostramos alguns pontos abaixo:

A logística e gestão hospitalar trazem mais segurança para o paciente

Como citamos no início da matéria, o cuidado com os produtos utilizados em hospitais deve ser uma grande prioridade para os gestores. A integridade comprometida desses itens pode lesar o paciente de diversas maneiras.

Por exemplo, o manuseio de medicamentos fora da data de validade ou que não tenham sido refrigerados corretamente. Além de não curar a dor daquele momento, ainda pode promover infecções maiores e, em casos mais graves, elevar o risco de morte.

É preciso ter um controle e atenção quanto ao transporte de medicamentos e insumos, assim como a sua armazenagem.

Estocagem controlada

A estocagem controlada de produtos faz parte dos dois modelos da logística de medicamentos, que merecem atenção de hospitais e farmácias. É preciso pensar nas demandas de forma sazonal. Atentar-se para estoque em períodos especiais como carnaval, réveillon, meses de alta estação, etc. É exatamente quando há um fluxo maior de pacientes e, consequentemente, uma necessidade de um estoque diferenciado.

Tanto a sobra quanto a falta de medicamentos e insumos são prejudiciais para o financeiro da instituição. Os sistemas de distribuição de medicamentos precisam ser muito bem pensados, de forma que haja sempre um controle do estoque sem extravios.

Processo de compra planejado

Cabe à gestão de suprimentos e logística hospitalar ter um acompanhamento do que comprar, quando comprar e quanto comprar. Isso pode ser feito através de softwares próprios, que emitem relatórios completos e sempre atualizados.

Reforçamos, mais uma vez, a importância de você ter uma empresa que cuide de todo esse processo. Ter um operador terceirizado responsável pela sua logística integrada é mais uma garantia de gerenciamento feito dentro do padrão que toda instituição de sucesso precisa.

A RV Ímola é uma empresa de logística hospitalar, focada em levar práticas inteligentes e avançadas para todos os seus parceiros. Atendemos empresas de pequeno e grande porte, dentro e fora da capital São Paulo.

Entre em contato e conheça mais dos nossos valores e oportunidades para realizar a logística hospitalar da sua empresa.

Para saber mais da nossa empresa e as novidades do setor, acompanhe nossa página no LinkedIn e as notícias aqui no site, através do nosso blog.

Gestão de logística hospitalar: abastecimento
Gestão de logística hospitalar: abastecimento

Gestão de logística hospitalar traz processos mais práticos para uma empresa.

Todo medicamento e insumo destinado aos hospitais e farmácias têm controle de qualidade da fábrica. No entanto, sem uma gestão de logística hospitalar eficiente, ao sair do distribuidor, esses produtos podem sofrer alguns danos que comprometem a sua integridade e, por consequência, os torna ineficientes para uso comercial.

É para a efetivação desse controle que vemos a vantagem e importância da terceirização. Entenderemos um pouco mais sobre como empresas parceiras podem contribuir de duas formas relevantes na sua gestão de logística hospitalar:

Armazenagem de produtos dentro do previsto pela Anvisa

Existem regras da Anvisa para abastecimento e sistemas de distribuição de medicamentos. Por exemplo, o transporte de medicamentos refrigerados deve ser feito em veículos com baús isotérmicos e com temperaturas variando de 2 a 8 graus. Isso é previsto para não comprometer os componentes dos medicamentos, já que temperaturas elevadas ou fora desse padrão podem danificar o produto.

A terceirização da armazenagem, com empresas de transporte de medicamentos consiste em:

  • Receber os produtos do ponto de distribuição;
  • Conferir adequadamente cada um deles, verificando se não há danos físicos ou de qualidade (fora da validade, por exemplo);
  • Etiquetar de acordo com estatística do cliente (setor, tipo de produto, vencimento, etc.);
  • Realizar o estoque para o transporte adequadamente;

Para isso, é utilizado um sistema de logística e gerenciamento de armazenagem. A empresa responsável faz todo o acompanhamento, de forma que não haja pedidos fora do programado e, consequentemente, extravio.

Distribuição planejada e inteligente

Juntamente com a armazenagem dos produtos bem elaborada, a terceirizada faz a gestão de medicamentos, de forma que a distribuição ocorra de maneira assertiva. A previsibilidade é uma das grandes vantagens nesse caso. Como a empresa parceira ficará responsável por todo o planejamento de medicamentos e insumos, nenhuma distribuição acontecerá de maneira aleatória ou sem necessidade.

Nesse caso, também serão utilizados sistemas de acompanhamento para que a distribuição de medicamentos e insumos não falhe.

Os custos variáveis são outra grande vantagem da terceirização. A instituição paga pelo que utiliza e, consequentemente, pode programar melhor seus gastos.

Sabemos o quanto a logística de produtos para o setor da saúde é ampla e exige experiência. É preciso saber tomar decisões positivas e, por essa razão, contratar parceiros especializados, traz muitos benefícios.

A RV Ímola é uma empresa de logística, focada no transporte de medicamentos com gerenciamento de risco e outras soluções em logística hospitalar e farmacêutica. Podemos ser a parceria ideal para a sua instituição, trazendo sempre soluções práticas e modernas. Entre em contato e descubra mais dos nossos serviços.

Para conhecer mais sobre logística hospitalar e farmacêutica, acesso o nosso blog!

Conheça mais dos nossos serviços em nossa página do LinkedIn

Para mais notícias, acesse o nosso blog

Gestão de Logística Hospitalar: qual a importância?
Gestão de Logística Hospitalar: qual a importância?

Gestão de logística hospitalar ajuda no gerenciamento dos custos e no controle financeiro de uma empresa.

A gestão de logística hospitalar visa estabilizar quatro pilares importantes para uma instituição: mão de obra qualificada, execução facilitada de processos, softwares completos e infraestrutura para armazenamento de medicamentos e insumos.

Implementar esses quatro pilares vem sendo também um desafio para algumas instituições de grande ou pequeno porte. Isso aponta o porquê terceirizar o serviço tem se tornado parte tão importante nessas instituições.

Percebendo a necessidade de entender melhor sobre esse processo, criamos este artigo explicando sobre como fazer a diferença em sua equipe.

Redução de erros na administração de medicamentos

Com um time de logística hospitalar implementado em sua instituição, as chances de erros na administração de medicamentos reduzem consideravelmente.

Isso acontece porque há um controle de doses e quantidade de insumos utilizadas por paciente ou setor, evitando, assim, o desperdício e o extravio. Erros do tipo parecem simples, mas representam um impacto considerável nas finanças do hospital em longo prazo.

Melhorias de processos

Ter uma empresa de logística hospitalar ajuda a melhorar seus processos. Além das empresas de logística e gestão hospitalar terceirizadas serem capacitadas com métodos cada vez mais modernos, elas estão sempre focadas no exercício da função, evitando falhas comuns e que nem sempre são observadas pelo time interno.

Além disso, a gestão de suprimentos e logística hospitalar feita por uma terceirizada vai apontar as necessidades de atualização tecnológica da sua empresa. Você pode ter um processo eficiente, mas se não tiver com os sistemas tecnológicos atualizados, os processos serão comprometidos.

Investimento planejado em tecnologia

A logística de medicamentos, por exemplo, precisa de um acompanhamento direto para evitar gastos excessivos e não necessários para a empresa. Se não há uma distribuição de medicamentos planejada e controlada, as chances de perda de validade ou, até mesmo, falta de produtos, são altas.

O investimento planejado em tecnologia nos mostra quais os softwares precisam de atualização e quais as máquinas que sua empresa precisa para ter uma logística e gestão hospitalar eficiente.

Gerenciamento de risco

A sua instituição faz o gerenciamento de risco de todos os medicamentos e insumos? Existem algumas regras da Anvisa que precisam ser seguidas, pois geram mais segurança no transporte e recebimento de todos os medicamentos e insumos do hospital.

O gerenciamento de risco é o acompanhamento direto feito pela empresa, a partir de sistemas de monitoramento. Isso indica possíveis problemas e perdas de produtos durante o transporte de medicamentos, como a má refrigeração de alguns itens, por exemplo.

É preciso pensar nessas melhorias. O mercado vem exigindo cada vez mais, e atualizar-se é fundamental!

A RV Ímola é uma das empresas de armazenagem e logística hospitalar mais conceituadas de São Paulo! Nossos sistemas de distribuição de medicamentos são completos e eficientes. Conheça mais da nossa empresa! Entre em contato através do formulário do site ou acesse nossa página no Facebook.

Clique aqui e curta nossa página no Facebook.

Para mais notícias, clique aqui.

Gestão de logística hospitalar: 5 dicas
Gestão de logística hospitalar: 5 dicas

Gestão de logística hospitalar é o processo de controle e planejamento eficiente que toda empresa deve fazer para compra, estocagem e distribuição de medicamentos e insumos.

Esse processo depende diretamente das ações planejadas por toda a equipe de profissionais. A gestão de logística hospitalar vem ganhando, cada vez mais, atenção de instituições de todos os portes.

Elaborar um plano de ação não é complexo e mostramos, com as cinco dicas abaixo, como você pode começar a fazer isso hoje:

  1. Organize-se antes de agir

O segredo é partir do zero. A logística hospitalar precisa ser feita com processos bem estabelecidos. Se você não tem parâmetros organizacionais corretos, mais cedo ou mais tarde perceberá erros que comprometerão a eficiência de todo o sistema de logística.

  1. Planeje todas as mudanças

O planejamento faz parte de qualquer processo de sucesso. Na logística e gestão hospitalar, é preciso pensar em cada equipe envolvida e os gastos necessários para a implementação da gestão de suprimentos e logística hospitalar. Pesquise também os fornecedores e terceirize o transporte de medicamentos e insumos com uma empresa de logística hospitalar responsável.

  1. Aprimore a tecnologia da sua equipe de gestores

A dica vale para toda a instituição, mas o primordial é iniciar o aprimoramento na equipe de gestores. A logística integrada, além de facilitar todo o processo de arquivamento e acesso de documentos, ainda aumenta a competitividade de mercado do hospital.

Opte por equipamentos modernos, com uma segurança de dados – inclusive dos pacientes – garantida e que permitam uma precisão nos diagnósticos gerados.

  1. Faça avaliações periódicas

Somente a partir das avaliações é que a equipe de gestores consegue identificar problemas na logística hospitalar. Além de pesquisas com os clientes, é importante fazer avaliações internas periódicas com questões que possam melhorar ainda mais os processos.

Um bom exemplo do que citamos acima é a escolha dos sistemas de distribuição de medicamentos, o gerenciamento de risco, a terceirização do serviço com empresas de armazenagem e logística hospitalar, etc.

  1. Tenha parceiros

É preciso pensar além de fornecedores. As empresas de transporte de medicamentos, por exemplo, que atendem o seu hospital devem ser consideradas partes da equipe e não, apenas, um fornecedor comum.

Quando você mantém um relacionamento mais próximo com seus parceiros, consegue elaborar melhor as iniciativas que facilitam o serviço de ambos. Por exemplo, ter um sistema integrado da gestão de estoque do hospital com o setor de vendas e estoque do fornecedor, agiliza todo o processo de pedidos e troca de medicamentos e insumos.

É preciso pensar sempre na excelência dos processos. A gestão de logística hospitalar é fundamental para a qualidade e para o financeiro da sua instituição.

A RV Ímola é uma parceira ideal, atuando na gestão logística hospitalar e farmacêutica e no transporte de medicamentos refrigerados em todo Brasil. Entre em contato e conheça mais dos nossos serviços.

Clique aqui e curta nossa página no Facebook.

Para mais notícias, clique aqui.

 

Logística de Medicamentos: benefícios
Logística de Medicamentos: benefícios

Logística de medicamentos é a saída mais eficiente para redução de custos e extravio de medicamentos e insumos.

Os números do relatório Strength in Unity: The promise of global standards in the healthcare industry”, realizado pela McKinsey Company, apontam que a perda de medicamentos atinge uma média de U$$ 51 bilhões anuais, o que mostra a importância da contratação de uma empresa especializada em logística de medicamentos.

Por este motivo, a RV Ímola, empresa especializada em logística hospitalar e logística farmacêutica, selecionou algumas vantagens que sua empresa terá ao terceirizar os serviços.

Gerenciamento de suprimentos estratégico

A logística farmacêutica, quando terceirizada, pode ser realizada de uma maneira muito mais estratégica. As empresas de armazenagem e logística hospitalar utilizam sempre de boas práticas como:

  • Otimização de operações. O transporte de medicamentos é feito dentro das regras da Anvisa e com muito mais planejamento para que não haja extravio;
  • Uso de sistemas avançados. O gerenciamento de risco é feito pela maioria das empresas, a fim de controlar as entregas e deixá-las bem mais seguras e rápidas;
  • Climatização devida, que evita também a perda de medicamentos e insumos por má refrigeração.

Todos os pontos acima deixam o gerenciamento de medicamentos muito mais prático e ágil. Afinal, a má gestão de suprimentos, ainda considerando os dados da McKinsey Company, causa 30% de perdas de estoques em hospitais, o que pode ser amplamente evitado.

Redução de custos e racionalização de recursos

As notícias de descartes de medicamentos e insumos fora da validade são muito comuns aqui no Brasil. De um outro lado, temos também notas de diversas instituições públicas que não têm medicamentos suficientes para seus atendimentos.

Isso acontece porque os sistemas de distribuição de medicamentos não são efetivos. Muitas vezes há a falta de gestão, como citamos no tópico anterior, e também de capacitação da equipe responsável. A contratação de uma empresa terceirizada solve esses problemas e, automaticamente, reduz os custos assim como racionaliza os recursos da instituição.

Compra programada de medicamentos e insumos

Uma das medidas mais eficientes realizadas pela logística de medicamentos é a compra programada de insumos e medicamentos. Isso garante que os suprimentos sejam adquiridos em uma quantidade apropriada para um determinado período, tenham o acondicionamento ideal e a distribuição correta entre os setores hospitalares.

Há também a garantia que os suprimentos sejam comprados na data certa, evitando a falta por má gerência. Dá também para programar os recebimentos, de forma que a conferência e o armazenamento sejam feitos sem erro.

A RV Ímola é uma empresa de logística, que realiza também o transporte de medicamentos refrigerados sempre considerando as regras da Anvisa e com planejamento estratégico para instituições públicas e privadas. Conheça mais dos nossos serviços! Entre em contato com nossos consultores e acesse também a nossa página do Facebook para mais informações.

Clique aqui e curta nossa página no Facebook.

Para mais notícias, clique aqui.

Logística hospitalar: 5 benefícios da terceirização
Logística hospitalar: 5 benefícios da terceirização

Logística hospitalar terceirizada também gera diversos benefícios para uma empresa.

Quando bem planejada, a terceirização de serviços facilita bastante a dinâmica e o orçamento de algumas empresas. Na logística hospitalar, esse processo contribui para prever e evitar problemas como extravio de medicamentos, desperdícios de produtos, etc.

Além dos benefícios acima, a logística hospitalar também traz outras vantagens para a sua instituição. Conversaremos mais um pouco sobre elas.

1 – Simplificação de processos

É preciso sempre otimizar os processos. O transporte de medicamentos, por exemplo, não pode ocorrer sem um planejamento e gerenciamento de risco. Além de gerar custos, ainda requer uma estrutura hábil e completa, demandando tempo e dinheiro. A terceirização da logística hospitalar traz exatamente isso: um transporte eficiente, rápido e dentro das regras da Anvisa e sem custos muito elevados.

2 – Conhecimento específico da área contratada

Você está contratando uma empresa com know-how, o que já lhe permite a correção de algumas falhas em processos e outras questões de logística e gestão hospitalar. Diversos pontos também podem ser aprimorados durante o contrato de logística hospitalar. Além disso, você terá a tranquilidade de ter seus produtos nas mãos de profissionais capacitados e especialistas na área.

3 – Uso de equipamentos de tecnologias avançadas

O transporte de medicamentos controlados, por exemplo, não pode ser realizado por qualquer tipo de veículo. É preciso seguir as regras da Anvisa, com baús isotérmicos e refrigeração entre 2 e 8 graus. Isso permite que a qualidade e a eficiência dos produtos sejam mantidas.

A terceirização facilita o uso de veículos dentro desse padrão e constituído de tecnologias avançadas. Além de garantir a qualidade dos produtos, você ainda economiza com a compra de frotas.

4 – Redução considerável de custos

Sabemos que a redução de custos foi comentada aqui algumas vezes. Ela é, provavelmente, o maior fator pelo qual você vai contratar empresas de transporte de medicamentos. Contudo, queremos ressaltar também a redução em relação à substituição dos custos fixos por custos variáveis.

Você só gasta quando vende. Isso significa que só precisará custear o transporte de medicamentos refrigerados quando tiver entregas para realizar. Voltamos ainda para a redução com frota e funcionários para exercer essa função, como foi citado mais acima.

5 – Atendimento ao cliente mais personalizado

Com todas as vantagens acima, você terá muito mais tempo para gerir o atendimento ao seu cliente. A personalização dos serviços tem sido um grande diferencial, principalmente para pequenas instituições. Vale reavaliar o que é possível melhorar, principalmente relacionado às questões que não necessitam de investimento, como clima organizacional, padronização de call center, etc.

A RV Ímola é uma empresa de logística hospitalar e logística farmacêutica que tem foco em uma terceirização eficiente e completamente otimizada. Você pode conhecer todos os nossos processos no site ou entrar em contato direto com um de nossos consultores.

Veja também outras dicas em nossa página no Facebook!

Clique aqui e curta nossa página no Facebook.

Para mais notícias, clique aqui.

Logística de Medicamentos: boas práticas para o setor
Logística de Medicamentos: boas práticas para o setor

Logística de medicamentos faz o mercado de genérico crescer 32% em 2018.

Isso mesmo. Neste ano, a logística de medicamentos fez o mercado de medicamentos crescer consideravelmente, indo na contramão de diversos outros setores da economia no Brasil.

Mas, mesmo favorecendo o crescimento, o sistema de distribuição de medicamentos ainda encontra algumas barreiras por falta de conhecimento dos demais setores. Por esse motivo, procuramos destacar aqui como esta metodologia tem sido eficaz nos processos:

Operações eficientes e otimizadas

Percebemos como a logística na indústria farmacêutica vem mudando o mercado desde a década de 90. Mudanças ocorridas nessa época foram determinantes para o crescimento e surgimento de muitas empresas de transporte de medicamentos.

Houve uma queda de grandes patentes e a regularização dos medicamentos genéricos, em 1999, motivando as empresas e suas operações. O que era feito, sem grandes expectativas, ganhou otimização e eficiência. Empresas de Armazenagem e logística hospitalar passaram a ter outras expectativas a partir disto.

Hoje, as operações são feitas com muito mais segurança. O transporte de medicamentos refrigerados é feito completamente dentro das regras da Anvisa, permitindo que os insumos sejam entregues sem riscos e extravios.

Desafios no setor: logística farmacêutica com mais inovação

Apesar de toda a otimização e a eficiência nas operações, o processo de distribuição de medicamentos, quando não realizado com os devidos cuidados, ainda demonstra falhas quanto à inovação desse gerenciamento.

O gerenciamento de risco, por exemplo, já era para ser algo comum e presente, principalmente no transporte de medicamentos controlados. Contudo, o que vemos é a ausência dessas tecnologias de rastreamento em grande parte da distribuição de medicamentos.

Outro gap relacionado à inovação está na armazenagem. O transporte refrigerado, assim como os centros de distribuição, por vezes, não é tão climatizado como deveria. E isso pode comprometer a eficácia do produto.

A logística de farmácia a favor do crescimento

Empresas de logística têm ampliado seus serviços e suas tecnologias, no que diz respeito à distribuição farmacêutica, a fim de suprir toda a necessidade do mercado. É por isso que sua empresa deve conhecer o trabalho realizado pela RV Ímola.

A RV Ímola é uma empresa que realiza a logística hospitalar e a logística de medicamentos de maneira eficiente e inovadora. Temos uma equipe completamente capacitada para o transporte de medicamentos de forma segura e ágil. Para saber mais, entre em contato conosco.

Clique aqui e curta nossa página no Facebook.

Para mais notícias, clique aqui.

Transporte de Medicamentos: regras da Anvisa
Transporte de Medicamentos: regras da Anvisa

Transporte de Medicamentos, comuns ou controlados, precisa ser feito dentro de algumas regras da Anvisa.

Os cuidados diferenciados no transporte de medicamentos devem seguir o padrão da agência reguladora para garantir a qualidade dos insumos. É preciso pensar em acondicionamento, na frota que realizará o serviço e, principalmente, nos riscos de extravio por má condução ou empacotamento. Veja quais são as principais regras da Anvisa:

Autorização para realizar o transporte medicamentos refrigerados

Todas as empresas de transporte de medicamentos precisam do AFE – Autorização de Funcionamento de Empresa. Essa concessão permite a distribuição de medicamentos comuns. Para quem precisa realizar o transporte de medicamentos controlados, a autorização é outra. Nesse caso, a agência libera a AE – Autorização Especial.

 

Criação de um manual de boas práticas de transporte e logística farmacêutica

Os sistemas de distribuição de medicamentos exigem práticas de boas maneiras, como informações sobre os processos internos das empresas de distribuição medicamentos. Informações sobre como os medicamentos são manuseados, conservados e transportados são fundamentais para o cliente. Com isso, a Anvisa também regulamenta a criação desse documento. Dessa forma, a logística de medicamentos é feita com o menor risco possível e totalmente dentro das legislações atuais.

Distribuição farmacêutica sempre em transporte refrigerado

As empresas de armazenagem e logística hospitalar precisam de uma frota completamente dentro das normas da Anvisa. O transporte dos medicamentos deve ser realizado em veículos refrigerados, com baús isotérmicos e com temperatura entre 2 e 8 graus. Além de soluções em logística para transporte de insumos, ainda garante o gerenciamento de risco, reduzindo o extravio e, consequentemente, o aumento de custo por produto.

 

Manipulação feita em condições totais de higiene

Todos os envolvidos no transporte dos insumos, precisam estar completamente higienizados, com equipamentos padrões de manipulação e desinfecção. A logística hospitalar precisa ser bastante criteriosa nesses quesitos. O comprometimento dos medicamentos pode causar a perda dos insumos e contaminação de pacientes ou funcionários (médicos, enfermeiros, etc.).

Como se percebe, as regras da Anvisa para transporte de medicamentos são bastantes específicas. Por isso, poder contar com uma empresa de gestão de suprimentos e logística hospitalar responsável pelo cumprimento de tais normas é imprescindível, além de evitar também multas e contratempos.

A RV Ímola é uma empresa de logística em São Paulo, com equipe especializada em gestão de medicamentos e logística de farmácia que faz todo transporte de insumos com segurança e dentro das normativas da Anvisa. Entre em contato e conheça mais.

Clique aqui e curta nossa página no Facebook.

Para mais notícias, clique aqui.

Transporte de medicamentos: entenda particularidades
Transporte de medicamentos: entenda particularidades

Transporte de medicamentos é um tipo de atividade que requer muitos cuidados, a fim de não comprometer a qualidade da carga.

Isso porque, antes de chegar às prateleiras, o transporte de medicamentos tende a percorrer longos caminhos sujeitos à condições não controladas, o que implica em algumas exigências que, geralmente, não costumam acontecer com produtos usuais. Por esse motivo, selecionamos aqui algumas dicas essenciais para garantir um transporte mais seguro e eficaz. Confira:

Regulamentações para o transporte de medicamentos

Em tese, não há lei específica que regulamenta o transporte de medicamentos, mas existem normas e fiscalizações que precisam ser cumpridas, a fim de garantir que a segurança da logística de medicamentos atenda às conformidades. E a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é um dos órgãos responsáveis por essas conformidades. As orientações podem ser encontradas no Manual de Boas Práticas no Transporte de Medicamentos, que tem por objetivo orientar operadores logísticos e transportadoras, em relação às condições adequadas de armazenamento, de acondicionamento, de movimentação e de distribuição.

Ainda segundo a Anvisa, os principais cuidados que precisam ser observados, tanto no período que antecede o transporte de medicamentos, quanto o período do trajeto são:

Gestão da armazenagem – Ou seja, a garantia de qualidade dos produtos começa bem antes do transporte. Essa etapa é fundamental para garantir uma logística de medicamentos mais eficaz. Os cuidados com o estoque e armazenagem são de extrema importância. Do contrário, todo o esforço empregado será em vão.

Equipe profissional e regulamentada – Sem dúvidas, o transporte de medicamentos deve contar com um farmacêutico que possua Certificado de Regularidade do Conselho Regional de Farmácia — documento de extrema importância exigido pela Anvisa – que assegura o exercício da atividade.

O especialista será responsável pela inspeção das condições dos medicamentos para o transporte, como conservação, acondicionamento, higiene, além de outros elementos que possam interferir na segurança da distribuição.

Processo de Embalagem – Para evitar transtornos, é imprescindível que haja atenção especial com as embalagens. Recomenda-se caixas adequadas e que sejam proporcionais ao tamanho do espaço, a fim de evitar riscos de rompimento. Além disso, acondicionar o material em caixas apropriadas é muito importante para manutenção da temperatura, como o caso das caixas de isopor, por exemplo.

Outros cuidados necessários para garantir uma logística de medicamentos mais segura são os planejamentos de rotas e rastreamento de cargas, sendo este último imprescindível para monitoramento da carga. Em caso de roubos, falhas operacionais com o veículo ou extravio dos produtos, a central de monitoramento consegue acompanhar, em tempo real, todo o percurso, propondo iniciativas rápidas e assertivas para sanar possíveis problemas.

Para garantir que todas as exigências sejam cumpridas e que a logística na indústria farmacêutica seja eficaz, conte com os serviços de uma empresa de transporte de medicamentos especializada no assunto.

A RV Ímola é uma das empresas de distribuição medicamentos mais confiáveis do mercado. Com um time de especialistas, moderna infraestrutura e tecnologia de ponta nos processos, a organização oferece os melhores serviços do mercado, no que diz respeito à logística hospitalar controle de estoque e no transporte de medicamentos. Para saber mais, entre em contato com a gente!

Clique aqui e curta nossa página no Facebook.

Para mais notícias, clique aqui.

DESEJA SABER MAIS SOBRE NOSSOS SERVIÇOS?